quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

LEITURAS DO MÊS: Janeiro 2018


Olá. Em janeiro li apenas dois livros, o que me deixou um pouco triste, pois não chegou nem perto do quanto li na mesma época de férias em 2017. Ambas as leituras foram 4 estrelas, pois eu meio que comecei as histórias com muita expectativa, e acabei não me envolvendo tanto quanto gostaria. Porém foram experiências boas e abaixo você confere o que achei de cada uma.


UMA HISTÓRIA DE VERÃO | Pam Gonçalves | Galera Record | Nota 4/5

"É o último verão de Analu perto de casa antes da faculdade. Entre a dificuldade de se entender com seus pais, que queriam que ela cursasse Direito e não Cinema, e as persistentes comparações com seu irmão gêmeo, André Luiz, o grande exemplo de filho que faz tudo para agradar, a garota está cansada de tanta hipocrisia e da cobrança de todos e só quer aproveitar suas férias com os amigos. O lugar é lindo, o clima está ideal e não faltam lembranças em cada cantinho da praia. Pena que nem todas são boas: a primeira decepção amorosa e grande paixão de Ana Luísa, Murilo, está de volta com o sorriso cafajeste de sempre e novas promessas. De um lado, o futuro em uma nova e incrível cidade, São Paulo; do outro, os amigos, a família e um amor traiçoeiro que ao mesmo tempo machuca e envolve." - Skoob

Eu gostei muito do começo do livro, foi bem empolgante. Os personagens são ótimos, a escrita da Pam está muito boa e a história é interessante e bem contada. Porém, eu esperava mais ou algo diferente. Analu é bem diferente de mim, por isso acredito que não consegui me conectar tanto assim, porém torci por ela, e mesmo não gostando de algumas de suas decisões no meio da história, gostei demais da sua escolha final, fazendo o final do livro ser demais. 

A história do livro não me fisgou do mesmo jeito que Boa Noite fez, mas valeu a leitura, e na minha opinião, Uma História de Verão é sobre Analu fazendo escolhas, sua amizade incrível com Gisele e Yuri, as descobertas da vida, e não apenas um romance de verão.


A LUA DE MEL | Sophie Kinsella | Record | Nota 4/5

"Ao se dar conta de que o namorado nunca vai pedir sua mão em casamento, Lottie toma uma decisão. Termina o compromisso com ele e diz o tão sonhado sim a Ben, uma antiga paixão, com quem ela havia prometido se casar se ambos ainda estivessem solteiros aos 30 anos. Os dois então resolvem pular o namoro e ir direto para uma cerimônia simples e seguir para a lua de mel em Ikonos, a ilha grega onde eles se conheceram. Mas Fliss, a irmã mais velha da noiva, acha que Lottie enlouqueceu. Já Lorcan, que trabalha na empresa de Ben, teme que o casamento destrua a carreira do amigo. Fliss e Lorcan então elaboram um plano para sabotar a noite de núpcias do casal e impedir que os noivos cometam o maior erro de suas vidas." - Skoob

Comecei o livro animada, apesar da quantidade de páginas (quase 500!!!), pois amo a escrita da autora e as histórias que ela escreve. Foi bem divertido, porém, no início, os capítulos são enormes, por isso se tornou cansativo pra mim.

As irmãs são maravilhosas, mas às vezes eu achava os capítulos da Lottie irritantes, mesmo sendo engraçados. Ben, pra mim, foi um personagem insuportável. Gostei mais da Fliss e do Lorcan (e também do Noah, filho de 7 anos da Fliss), da dinâmica deles. Admito que ri mais com outros livros da autora, mas nesse ela também criou cenas hilárias e o desenvolvimento de tudo foi muito bom.

Os últimos dez, quinze capítulos são os mais curtos, e também bem empolgantes. Não achei a história tão surpreendente, mas gostei de acompanhar essa aventura junto dos personagens e chegando na última página queria mais deles.

O que achei interessante, é que quando terminei o livro, percebi que retirei pequenas lições e obervações da história. Não é apenas uma história de amor divertida, é mais do que isso. É sobre duas mulheres e suas escolhas.

Abraços e até a próxima!

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Playlist | Escutei em janeiro


Olá. Sobre janeiro só digo uma coisa: Camila Cabello ganhou meu coração e é uma das minhas Rainhas. Escutei repetidas vezes as músicas dela, todos os dias, e não me canso nunca. Conheci também outras duas músicas bem legais. Confira:

 I Follow Rivers | Lykke Li (The Magician Remix)


Friends | Justin Bieber & BloodPop® 


Scar Tissue | Camila Cabello


OMG | Camila Cabello ft. Quavo


Never Be the Same | Camila Cabello


All These Years | Camila Cabello


She Loves Control | Camila Cabello


Inside Out | Camila Cabello


Consequences | Camila Cabello


Real Friends | Camila Cabello


Something's Gotta Give | Camila Cabello


In the Dark | Camila Cabello


Into It | Camila Cabello


Fonte das imagens da montagem:
Lykke Li | fonte
Justin Bieber | fonte
Camila Cabello | fonte
Camila Cabello | fonte

Abraços e até a próxima!

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Playlist | As melhores músicas que escutei em 2017


Olá. Meu 2017 foi repleto de músicas incríveis e decidi mostrar aqui as melhores que conheci, escutei, viciei e cantei junto. Confira:

City of Stars | Ryan Gosling e Emma Stone (La La Land)


I Have Questions | Camila Cabello


Crying in the Club | Camila Cabello


Havana | Camila Cabello


Maybe Someday | Griffin Peterson


Lost Stars | Keira Knightley


Ruin | Shawn Mendes


Lights On | Shawn Mendes


Let Me Go | Hailee Steinfeld, Alesso ft. Florida Georgia Line, WATT 


Most Girls | Hailee Steinfeld 


Amor 2 em 1 | Anavitória


Amores Imperfeitos | Anavitória (Skank Cover)



Barquinho de Papel | Anavitória


Fica | Anavitória ft. Matheus & Kauan



Linda | Projota ft. Anavitória


Fake Happy | Paramore


Échame La Culpa | Luis Fonsi, Demi Lovato


Fetish | Selena Gomez


Spirits | The Strumbellas


I'll Make It Up To You | Imagine Dragons


Round and Round | Imagine Dragons


Brand New Day | Kodaline


Escape (Piña Colada Song) | Rupert Holmes



Fonte das imagens da montagem:
La La Land | fonte
Camila Cabello | fonte
Keira Knightley | fonte
Shawn Mendes | fonte

E essas são as minhas músicas favoritas de 2017, dentre as tantas incríveis que conheci. Lembrando que ainda vou fazer a playlist do mês de janeiro. 
Abraços e até a próxima!

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

A melhores leituras de 2017


Olá. Em 2017 eu favoritei 20 livros. 20 histórias incríveis que amei ler, que me fizeram sentir várias emoções e ter várias reações. Não levando em consideração algumas decepções literárias que aconteceram, 2017 foi um ano de leitura maravilhoso.

Para a postagem de melhores do ano decidi escolher apenas 5 livros para escrever sobre. Favoritei vários, eu sei, e esses livros também me deixaram empolgada, apaixonada, refletindo. Entre os 20 favoritados há, por exemplo, Carina Rissi e Cecelia Ahern, e eu amo essas escritoras e suas histórias lidas em 2017. Porém quero escrever sobre aqueles livros que entraram para além da lista de favoritos, mas também para o coração. Aquelas histórias que nos deixam sem palavras suficientes para explicar o que sentimos enquanto estávamos lendo. Então, em ordem de leitura, conheçam as 5 melhores leituras de 2017!


DAMA DA MEIA-NOITE de Cassandra Clare


"Como é bom ler Cassandra Clare. Como é bom ler sobre o mundo dos Caçadores de Sombras. Como é bom conhecer novos e incríveis personagens dentro desse universo tão único e rico.

Dama da Meia-Noite tem um ritmo mais lento, mostrando mais dos personagens e do que está acontecendo em seus corações, seu dia a dia, e pra mim isso tudo foi genial." 
- Trecho da minha resenha

O primeiro livro da trilogia Os Artifícios das Trevas foi completamente diferente e viciante. Ao mesmo tempo que eu iniciava uma nova história no mundo dos Caçadores de Sombras, com novos personagens, elementos, cenários e emoções, eu me sentia em casa. A escrita da autora está mais clara e envolvente, os personagens incríveis e a história é interessante do começo ao fim, rica em detalhes.

BOA NOITE de Pam Gonçalves


"Boa Noite é um livro necessário. Fala sobre abuso sexual, assédio, machismo e feminismo. É um livro, acima de tudo, GIRL POWER, pois na história garotas se unem, construindo amizades, construindo um time, para lutar contra algo que a sociedade muitas vezes esconde. E através de histórias secundárias, a Pam também abordou assuntos como homofobia e racismo." 
- Trecho da minha resenha

O primeiro livro solo da Pam foi incrível. A escrita leve dela, abordando um assunto pesado porém necessário de ser discutido, foi maravilhosa. Tudo foi muito bem construído: Os personagens, o cenário da faculdade e da república, o clima das cenas, além dos outros assuntos abordados na narrativa. A história foi emocionante e envolvente.

FIQUEI COM O SEU NÚMERO de Sophie Kinsella


"Preciso dizer o quanto eu amei esse livro. Amei a escrita simples, envolvente e rápida. Amei muito a Poppy, pois apesar de seus erros, ela é uma pessoa maravilhosa, divertida e inteligente. Amei Sam." - Trecho do meu comentário sobre o livro

Sophie Kinsella se tornou uma das minhas escritoras queridinhas depois dessa leitura. Esse foi um Chick-Lit com muitas e muitas coisas acontecendo e que me ganhou rapidamente. Poppy é demais, a história não é nada previsível, é divertidíssima, viciante, apaixonante e muito bem escrita.

O SOL É PARA TODOS de Harper Lee


"Racismo, preconceito entre classes sociais, assuntos vistos pelos olhos de uma menina, com toda sua inocência e opinião forte. Os diálogos, pensamentos e questões levantadas por Scout. Cada capítulo era um tapa na cara por causa de algo que Scout tenha dito, feito ou perguntado. Tudo o que ela aprende com Atticus, as aventuras com Jem e Dill.
(...) Scout é uma protagonista para guardar no coração."
- Trecho do meu comentário sobre o livro

O clássico de Harper Lee ganhou meu coração completamente com a escrita da autora, a narrativa da Scout, os questionamentos dela, a presença de Atticus e seus ensinamentos, as lições que a história passa. Toda a inocência da protagonista, sua visão sobre as coisas, os personagens, as questões que o livro levanta. Tudo é absolutamente incrível.

PASSARINHA de Kathryn Erskine


"O que dizer de um livro que já nas primeiras páginas lemos que é altamente recomendável e que é vencedor do National Book Award de 2010? Passarinha é um livro de peso, importante, que a cada página, através da narrativa de Caitlin, nos faz mergulhar na vida de uma menina que tem muitas e muitas coisas para nos ensinar, e que também vai aprendendo durante suas descobertas." 
- Trecho do meu comentário sobre o livro

A leitura desse livro aconteceu na hora certa e foi uma experiência maravilhosa. A história é tocante e emocionante, me ajudou muito a entender melhor o autismo, carrega lições lindas e nos mostra uma menina esperta com muito a nos ensinar.

Abraços e até a próxima!