sábado, 14 de abril de 2018

#6AnosDeBlog | Unboxing #29 e Book Haul | Abril 2018


Bem-vindos(as) ao sétimo e último dia da semana especial #6AnosDeBlog!

Olá. Está acabando! Esse é o último post da semana especial que eu criei para comemorar os 6 anos que o blog completou dia 11 de abril. Eu amei organizar as postagens, e estou pensando em fazer isso todos os anos! HAHA.

Para o último dia eu planejei um unboxing e também o book haul de abril. Decidi juntar as duas coisas na mesma postagem, pois o que tenho para mostrar nesse mês são os livros de uma compra pela internet e mais um que ganhei.

Bom, no Dia da Mulher fiz uma compra na Saraiva, ganhando 50% de desconto no valor final e como eu tinha pontos acumulados, usei esse valor na compra também, deixando os preços dos livros bem em conta. Uma caixa chegou dia 4 de abril, e eu a recebi. Nessa caixa além dos meus livros vieram dois que a minha irmã comprou, mas eles não aparecem aqui. Um livro meu foi enviado separado, chegando dia 11 de abril, e eu também recebi ele. 

O último livro que aparece nessa postagem é o que ganhei de uma professora. Falei sobre isso no post onde mostrei as graphic novels que quero ler, aqui. Muito amor pelos livros novos :)


Abaixo você confere cada um dos livros comprados na Saraiva na promoção do Dia da Mulher e o que eu ganhei:

AOS PERDIDOS, COM AMOR de Brigid Kemmerer: Quando eu li a sinopse desse livro pela primeira vez, eu imediatamente o coloquei na minha wishlist. A capa é maravilhosa, as mais de 400 páginas não assustam muito e os capítulos curtos me deixam animada para uma leitura ágil. Saiba mais sobre o livro aqui.


É ASSIM QUE ACABA de Colleen Hoover: Eu assisti algumas resenhas sobre o livro, e a da Pam me convenceu a comprar e lê-lo. Admito que estou com um pouquinho de medo, tanto pelo assunto abordado, apesar de eu saber da importância de se debater sobre violência doméstica, quanto pelo fato de eu até hoje não ter gostado completamente das histórias da autora. Espero muito que eu goste dessa história. Saiba mais sobre o livro aqui.


EU SOU MALALA de Malala Yousafzai com Christina Lamb: Dede que assisti ao documentário Malala e amei muito, fiquei com vontade de ler a biografia dela. A história da Malala é emocionante e inspiradora. Eu acho ela incrível, admiro seus ideias, seus sonhos, o fato de ela ser feminista e lutar pela Educação das mulheres. Saiba mais sobre o livro aqui.


ANNA E O PLANETA de Jostein Gaarder: Vou dar um jeito de encaixar esse livro nas leituras de 2018, pois a sinopse desse livro me deixou muito empolgada e curiosa. Ah, amo a capa e na orelha tem um marcador de página! Saiba mais sobre o livro aqui.


ME CHAME PELO SEU NOME de André Aciman: Estou bem curiosa sobre a história desse livro, que também quero ler ainda em 2018. Depois de lê-lo quero muito assistir ao filme. Saiba mais sobre o livro aqui.


O JOVEM LENNON de Jordi Sierra i Fabra: Eu sempre quis ter um exemplar desse livro, pois li ele na escola e foi uma experiência muito legal. Mas a edição que eu comprei não é a mesma que li tempos atrás, e preciso admitir que isso me decepcionou um pouquinho. Saiba mais sobre o livro aqui.


KAFKA E A BONECA VIAJANTE de Jordi Sierra i Fabra: Esse também é um livro que li na escola e que amei, e agora finalmente tenho o meu exemplar. Saiba mais sobre o livro aqui.


SONHOS EM FLOR de Estelle Laure: Ainda nem acredito que tenho esse livro! Ele conta a história da Eden, amiga da protagonista de Essa Luz Tão Brilhante. Eu gostei muito da capa e espero que o título faça sentido na história, pois o original é But Then I Came Back. Saiba mais sobre o livro aqui.


AINDA SOU EU de Jojo Moyes: AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!! Não tenho muito a dizer, apenas que "Meu Deus, tenho finalmente o meu exemplar dessa belezura!". Mais um pouco de Lou Clark pra amar :) Saiba mais sobre o livro aqui.


O DIÁRIO DE ANNE FRANK EM QUADRINHOS de Ari Folman e David Polonsky: Me apaixonei pela edição assim que peguei o livro nas mãos. Quero muito conhecer a história da Anne Frank e vai ser assim, lendo em quadrinhos. Nesse post eu também falei um pouquinho sobre o livro. Saiba mais sobre o livro aqui.


O LIVRO DAS VARINHAS de Monique Peterson: Coisa mais linda esse livro. A edição está linda, o formato é muito legal e têm informações e imagens bem bacanas. Mais um livro do mundo de Harry Potter para a minha coleção. Saiba mais sobre o livro aqui.



AZUL É A COR MAIS QUENTE de Julie Maroh: O presente da prof foi muito especial pra mim, pois ao mesmo tempo que estou com um pouquinho de medo de ler, também quero muito conhecer essa história e assistir ao filme depois. Nesse post eu também falei um pouquinho sobre o livro. Saiba mais sobre o livro aqui.


E com essa postagem eu finalizo a semana especial #6AnosDeBlog. Estou realizada com o meu pequeno projeto e muito feliz por ter tido essa ideia e ainda mais por ter funcionado e eu ter conseguido postar certinho todos os dias. Reservei uma atenção a mais para o blog e coloquei algumas postagens em dia. 

Tenho algumas ideias para o futuro do blog, e pretendo publicar um texto contando o que anda passando na minha mente. Muito obrigada a quem acompanhou! Ah, o blog agora tem um instagram, é só procurar por amanha_sera_diferente. Aqui do lado direito do blog tem uma aba chamada Instagram do Amanhã, onde você pode acompanhar as fotos que eu postar.

Abraços e até a próxima!

sexta-feira, 13 de abril de 2018

#6AnosDeBlog | LISTA DO AMANHÃ: 5 graphic novels que eu quero ler


Bem-vindos(as) ao sexto e penúltimo dia da semana especial #6AnosDeBlog!

Olá. Eu tive a ideia de criar uma Lista do Amanhã com as graphic novels que eu quero ler, quando comecei a acrescentar algumas na minha wishlist. Os dois livros da imagem que abre essa postagem são graphic novels dessa lista, que eu tenho a felicidade de já ter na estante prontas para serem lidas. Abaixo você confere as 5 histórias em quadrinhos, que em sua maioria são escritas por mulheres e têm protagonistas femininas, e que apresentam histórias bem interessantes.

A DIFERENÇA INVISÍVEL de Mademoiselle Caroline e Julie Dachez


"Marguerite tem 27 anos, e aparentemente nada a diferencia das outras pessoas. É bonita, vivaz e inteligente. Trabalha numa grande empresa e vive com o namorado. No entanto, ela é diferente. Marguerite se sente deslocada e luta todos os dias para manter as aparências. Seus movimentos são repetitivos e seu universo precisa ser um casulo. Ela se sente assolada pelos ruídos e pelo falatório incessante dos colegas. Cansada dessa situação, ela irá ao encontro de si mesma e descobrirá que é autista – tem a Síndrome de Asperger. Sua vida a partir daí se transformará profundamente." - Skoob

Conheci essa HQ no instagram da atriz Daphne Bozaski, que interpretou a Benê em Malhação - Viva a Diferença, que na trama era portadora da Síndrome de Asperger. Fui procurar a sinopse, assisti ao book trailer e uma resenha. Me vi querendo ler essa história urgentemente para conhecer a protagonista.


NÃO ERA VOCÊ QUE EU ESPERAVA de Fabien Toulmé


"Como lidar com uma filha com deficiência? Nesta graphic novel autobiográfica, Fabien Toulmé fala com emoção, humor e humildade sobre um encontro inesperado de um pai com sua filha que possui Síndrome de Down. O casal enfrenta o nascimento de uma criança especial. É como uma tempestade inesperada, um furacão. Quando a menina nasce com a síndrome, até então não diagnosticada, a vida de Fabien desmorona. Indo da fúria à rejeição, da aceitação ao amor, o autor fala sobre a descoberta de como é ser diferente." - Skoob

Conheci essa HQ quando estava pesquisando sobre A Diferença Invisível. Fiquei interessada pela sinopse, assisti ao book trailer e uma resenha. O assunto, abordado em quadrinhos, me chamou a atenção e deixou curiosa.


O DIÁRIO DE ANNE FRANK EM QUADRINHOS de Ari Folman e David Polonksy


"Um dos livros mais lidos do mundo agora chega ao Brasil em sua primeira edição oficial em quadrinhos, autorizada pela Anne Frank Fonds Basel. “O diário de Anne Frank” foi publicado pela primeira vez em 1947 e faz parte do cânone literário do Holocausto. E agora, pela primeira vez, vem à luz esta edição em quadrinhos. O roteirista e diretor cinematográfico Ari Folman e o ilustrador David Polonsky demonstram com essa adaptação a dimensão e a genialidade literárias da jovem autora. Eles tornam visual o contemporâneo documento histórico de Anne Frank e traduzem o contexto da época no qual foi escrito. Baseada na edição definitiva do diário, autorizada por Otto Frank, pai de Anne – um dos livros mais vendidos do mundo, publicado no Brasil pela Editora Record –, esta versão em quadrinhos torna tangível o destino dos oito habitantes do Anexo durante seus dias no esconderijo." - Skoob

Eu sempre quis ler O Diário de Anne Frank, conhecer melhor a história dessa corajosa e talentosa garota. Então decidi que quero ler a história dela primeiro em quadrinhos e depois, dependendo da minha experiência, vou comprar o livro (a edição em capa dura!). Pois bem, já comprei o livro e me apaixonei pela edição, então só falta ler!

AZUL É A COR MAIS QUENTE de Julie Maroh


"Clementine é uma jovem de 15 anos que descobre o amor ao conhecer Emma, uma garota de cabelos azuis. Através de textos do diário de Clementine, o leitor acompanha o primeiro encontro das duas e caminha entre as descobertas, maravilhas e tristezas que essa relação pode trazer." - Skoob

Quando eu descobri que a história do filme era a adaptação de um livro, e mais incrível ainda, de uma HQ, eu quis muito conhecer. Eu nunca assisti ao filme, na verdade assisti só 15 minutos. Decidi que quero ler o livro primeiro, para então assistir ao filme, porque sei que há diferenças no filme. Ah, e já tenho o meu exemplar. Uma professora muito querida tinha ele e quis me dar :)

NIMONA de Noelle Stevenson


"Nimona é uma metamorfa sem limites nem papas na língua, cujo maior sonho é ser comparsa de Lorde Ballister Coração-Negro, o maior vilão que já existiu. Mas ela não sabia que seu herói possuía escrúpulos. Menos ainda uma deliberada missão.

Até conhecer Nimona, Ballister fazia planos que jamais davam certo. Felizmente, a garota tem muitas sugestões para reverter esse quadro. Infelizmente, a maioria envolve explosões, sangue e mortes. Agora, Coração-Negro não só tem que enfrentar seu arqui-inimigo e ex-amigo, o célebre e heroico Sir Ambrosius Ouropelvis, mas também impedir que a fiel comparsa destrua todo o reino ao tentar ajudá-lo. 

Uma história subversiva e irreverente que mistura magia, ciência, ação e muito humor sobre camadas e mais camadas de reflexão – entre uma batalha e outra, é claro." - Skoob


Essa HQ está na minha wishlist há um tempão, mas não desisti de ler a história da Nimona, que promete ser divertida e trazer alguns ensinamentos. Eu acho lindas as ilustrações da autora e sempre fico curiosa sobre a história, pois não se trata de uma heroína, mas sim de uma garota durona com poderes e que quer ajudar um vilão.

Abraços e até amanhã!

quinta-feira, 12 de abril de 2018

#6AnosDeBlog | Filme: IN YOUR EYES


Título: In Your Eyes
Diretor: Brin Hill
Elenco: Zoe Kazan, Michael Stahl-David, Nikki Reed, Mark Feuerstein
Gênero: Romance, fantasia, comédia e drama
Lançamento: 2014
Duração: 1h45min
Nota: 5/5 + 

Sinopse: Rebecca (Zoe Kazan), a atônita esposa de um famoso médico e Dylan (Michael Stahl-David), um ex-condenado buscando recomeçar a vida, descobrem estar conectados. O casal pode ouvir e ver um ao outro. A partir desta ligação, Rebecca e Dylan iniciarão um inexplicável romance metafísico.


Bem-vindos(as) ao quinto dia da semana especial #6AnosDeBlog!

Assisti In Your Eyes em agosto de 2017 e guardei a resenha que escrevi sobre ele até hoje, não encontrando um bom momento para postá-la no blog. Mas finalmente estou aqui para trazer minha opinião sobre esse filme tão apaixonante.

Encontrei o filme na Netflix e assisti legendado, pois era a única opção. Me interessei pela sinopse, conferi o trailer, assisti o filme e amei, amei, amei muito. Recentemente fui procurá-lo novamente e descobri que não está mais no catálogo. Fiquei bem triste pois queria muito assisti-lo novamente.


Achei a premissa original e curiosa. É divertido, instigante e dramático. As atuações foram ótimas e os diálogos maravilhosos. A primeira cena do filme é bem impactante, e me deixou intrigada.

Becky e Dylan compartilham uma conexão inexplicável e linda, e pelo o que pesquisei, se trata de um romance paranormal.

Gostei de como os personagens foram apresentados e da evolução de cada um na trama, ajudando um ao outro, escutando um ao outro, trocando opiniões sobre diversos assuntos, histórias e medos. Também amei a trilha sonora instrumental.


Apesar de eu querer mais do final, pois achei um tanto corrido, gostei muito de como as coisas foram acontecendo até finalmente chegar uma cena que ansiei assistir durante todo o filme.

Uma coisa engraçada que aconteceu, é que quando eu ia verificar o tempo restante do filme (a duração dele é um pouco mais de uma hora e meia, mas como era legendado eu pausei várias vezes. HAHA), via que faltava ainda uma hora, e pensava, falta tudo isso? Mas também pensava, que bom, assim vou ficar mais tempo acompanhando essa história e esses personagens. O filme é uma delícia e amei demais. Uma pena que tenham tirado do catálogo, até pesquisei no YouTube, e encontrei o filme em boa qualidade porém sem legenda. Recomendo!

Assista ao trailer (sem legenda):


Pôster e informações sobre o filme retirados daqui.
Montagem retirada daqui.
Gifs retirados daqui.

Abraços e até amanhã!

quarta-feira, 11 de abril de 2018

#6AnosDeBlog | LISTA DO AMANHÃ: 6 livros que eu gostaria que todo mundo lesse


Bem-vindos(as) ao quarto dia da semana especial #6AnosDeBlog!

E hoje é o grande dia! 11 de abril!
Hoje o Amanhã Será Diferente completa 6 anos de existência! Apesar de tudo, de às vezes eu ficar semanas sem postar nenhum conteúdo, continuo sempre com o meu maior objetivo, que é ler e compartilhar o meu amor pela leitura. 

Por conta disso, decidi criar uma Lista do Amanhã, que faz um bom tempo que não posto, com 6 livros que eu gostaria muito que as pessoas lessem. Para conhecer as histórias incríveis que abordam assuntos importantes e necessários, sentir todas as emoções que cada uma delas despertou em mim, se identificar com personagens, sentir empatia, conhecer pontos de vista diferentes dos seus. Eu queria colocar vários outros livros nessa lista, porém escolhi 6 por causa da idade que o blog está fazendo. Confiram então algumas das minhas recomendações de leituras (se quiser ler as resenhas dos livros, é só clicar nos títulos deles):

AMY & MATTHEW de Cammie McGovern


"Às vezes, eu te amo é o mais difícil de dizer. Amy e Matthew não se conheciam realmente. Não eram amigos. Amy tinha uma eterna fachada de felicidade estampada em seu rosto, mesmo tendo uma debilitante deficiência que restringe seus movimentos. Matthew sabia quem ela era, claro, mas ele também sabia quem eram várias outras pessoas que não eram seus amigos. Matthew nunca planejou contar a Amy o que pensava, mas depois de contar, ela percebe que é exatamente de alguém assim que precisa. À medida que passam mais tempo juntos, Amy descobre que Matthew também tem seus problemas e segredos, e decide tentar ajudá-lo da mesma forma que ele ajudou-lhe. E quando a relação que começou como uma amizade transforma-se em outra coisa que nenhum dos 2 esperavam ou sabem definir, eles percebem que falam de tudo um para o outro... Exceto o que mais importa." - Skoob

No final da minha resenha de Amy & Matthew, escrita em 2015, eu disse que todo mundo deveria ler esse livro algum dia. Bom, desde lá minha experiência com livros mudou muito, mas o meu amor por esse livro e a vontade que eu tinha de que as pessoas o lessem e se surpreendessem nunca mudou. 

Amy & Matthew traz uma história que dividiu opiniões, mas eu simplesmente amei, e a minha resenha reflete isso. Além da trama envolvente, e escrita da autora é um detalhe fantástico, pois é simples e ágil e te faz querer ler mais e mais. E ainda tem o fato de que a sinopse não revela quase nada do que é contado na história.

Os dois protagonistas crescem no decorrer da narrativa, erram, amam e fazem descobertas. É sobre aceitação, amizade, amor e o mais importante, na minha opinião, é que a autora constrói uma história onde personagens têm deficiências e transtornos, porém ela foca no potencial que esses jovens apresentam e no quanto eles são incríveis apesar de suas limitações.


PASSARINHA de Kathryn Erskine


"No mundo de Caitlin, tudo é preto e branco. Qualquer coisa entre um e outro dá uma baita sensação de recreio no estômago e a obriga a fazer bicho de pelúcia. É isso que seu irmão, Devon, sempre tentou explicar às pessoas. Mas agora, depois do dia em que a vida desmoronou, seu pai, devastado, chora muito sem saber ao certo como lidar com isso. Ela quer ajudar o pai - a si mesma e todos a sua volta -, mas, sendo uma menina de dez anos de idade, autista, portadora da Síndrome de Asperger, ela não sabe como captar o sentido. 

Caitlin, que não gosta de olhar para a pessoa nem que invadam seu espaço pessoal, se volta, então, para os livros e dicionários, que considera fáceis por estarem repletos de fatos, preto no branco. Após ler a definição da palavra desfecho, tem certeza de que é exatamente disso que ela e seu pai precisam. E Caitlin está determinada a consegui-lo. Seguindo o conselho do irmão, ela decide trabalhar nisso, o que a leva a descobrir que nem tudo é realmente preto e branco, afinal, o mundo é cheio de cores, confuso mas belo. 

Um livro sobre compreender uns aos outros, repleto de empatia, com um desfecho comovente e encantador que levará o leitor às lágrimas e dará aos jovens um precioso vislumbre do mundo todo especial dessa menina extraordinária." - Skoob

Passarinha é um livro delicado e forte ao mesmo tempo. Foi uma das melhores leituras que já fiz na minha vida. Caitlin é uma criança de dez anos que tem Síndrome de Asperger. Ela é encantadora, inteligente, e nos ensina sobre valores e sentimentos de um jeito muito simples, dentro do mundo dela e com toda sua inocência, a partir de seus próprios questionamentos e pensamentos. 

A escrita da autora é maravilhosa e na resenha eu escrevi que acredito que esse livro deva ser uma leitura de escola e faculdade, pois nos mostra um outro olhar sobre o autismo e também uma protagonista apaixonante e que cresce durante a história.

OS 27 CRUSHES DE MOLLY de Becky Albertalli


"Molly já viveu muitas paixões, mas só dentro de sua cabeça. E foi assim que, aos dezessete anos, a menina acumulou vinte e seis crushes. Embora sua irmã gêmea, Cassie, viva dizendo que ela precisa ser mais corajosa, Molly não consegue suportar a possibilidade de levar um fora. Então age com muito cuidado. Como ela diz, garotas gordas sempre têm que ser cautelosas.

Tudo muda quando Cassie começa a namorar Mina, e Molly pela primeira vez tem que lidar com uma solidão implacável e sentimentos muito conflitantes. Por sorte, um dos melhores amigos de Mina é um garoto hipster, fofo e lindo, o vigésimo sétimo crush perfeito e talvez até um futuro namorado. Se Molly finalmente se arriscar e se envolver com ele, pode dar seu primeiro beijo e ainda se reaproximar da irmã.

Só tem um problema, que atende pelo nome de Reid Wertheim, o garoto com quem Molly trabalha. Ele é meio esquisito. Ele gosta de Tolkien. Ele vai a feiras medievais. Ele usa tênis brancos ridículos. Molly jamais, em hipótese alguma, se apaixonaria por ele. Certo?

Em Os 27 Crushes de Molly, a perspicácia, a delicadeza e o senso de humor de Becky Albertalli nos conquistam mais uma vez, em uma história sobre amizade, amadurecimento e, claro, aquele friozinho na barriga que só um crush pode provocar." - Skoob

Esse livro é fofo demais. Mas é claro que ele não é apenas isso. A história conta sobre amor, amizade, insegurança, família. É um livro repleto de diversidade e representatividade. A escrita da autora é muito gostosinha de ler, ela coloca um humor maravilhoso na trama e a protagonista, Molly, é simplesmente incrível, pois é fácil se identificar com ela, sentir as mesmas coisas, entender seus pensamentos.

BOA NOITE de Pam Gonçalves


"Alina quer deixar seu passado para trás. Boa aluna, boa filha, boa menina. Não que tudo isso seja ruim, mas também não faz dela a mais popular da escola. Agora, na universidade, ela quer finalmente ser legal, pertencer, começar de novo. O curso de Engenharia da Computação - em uma turma repleta de garotos que não acreditam que mulheres podem entender de números -, a vida em uma república e novos amigos parecem oferecer tudo que Alina quer. Ela só não contava que os desafios estariam muito além da sua vida social. Quando Alina decide deixar de vez o rótulo de nerd esquisitona para trás, tudo se complica. Além de festas, bebida e azaração, uma página de fofocas é criada na internet, e mensagens sobre abusos e drogas começam a pipocar. Alina não tinha como prever que seria tragada para o meio de tudo aquilo nem que teria a chance de fazer alguma diferença. De uma hora para outra, parece que o que ela mais quer é voltar para casa." - Skoob

O livro da Pam foi necessário por várias razões. Por mostrar uma realidade que poucos conhecem, que é o abuso sexual nas festas de faculdade, por abordar assédio, machismo e racismo, por construir uma trama onde mulheres se juntam para lutar contra essas violências, por ser uma história feminista e GIRL POWER. A escrita da Pam é simples, mas ela escreveu um livro marcante que discute assuntos importantes, têm personagens reais, diversidade, toques de romance e humor.

O SOL É PARA TODOS de Harper Lee


"Um livro emblemático sobre racismo e injustiça: a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça.
O sol é para todos, com seu texto “forte, melodramático, sutil, cômico” (The New Yorker) se tornou um clássico para todas as idades e gerações." - Skoob

Eu me apaixonei pela história a cada página lida. A Scout nos ensina tantas coisas, questionando atitudes e conversas, dialogando com o pai, o irmão e o amigo, fazendo reflexões consigo mesma. Trata de justiça, racismo, diferenças entre classes sociais, e tudo isso visto pelos inocentes olhos de Scout, mas que tem uma forte opinião. 

A escrita da Harper Lee é envolvente e muito acessível. O Sol é Para Todos é clássico que merece ser lido por todos, pois infelizmente, mesmo tendo sido escrito anos atrás, aborda um assunto que ainda está presente na realidade atual. Cada capítulo, cada questão levantada por Scout, cada ensinamento de Atticus é um tapa na cara da sociedade. Simples assim.

A LISTA de Cecelia Ahern


"Kitty Logan tem 32 anos e aos poucos está perdendo tudo o que conquistou: sua carreira está arruinada; seu namorado a deixou sem um motivo aparente; seu melhor amigo está decepcionado com ela; e o principal: sua confidente e mentora está gravemente doente.

Antes de morrer, Constance deixa um mistério nas mãos de Kitty que pode ser a chave para sua mudança de vida: uma relação de nomes de pessoas desconhecidas. É com base neles que Kitty deverá escrever a melhor matéria de sua carreira.

Quando começa a ouvir o que aquelas pessoas têm a dizer, Kitty aos poucos descobre as conexões entre suas histórias de vida e compreende por que foi escolhida para dar voz a elas." - Skoob

Faz tempo que eu não falo sobre esse livro. Só de reler a minha resenha lembrei de tudo. A Lista conta uma história emocionante, divertida, intrigante. Kitty é uma mulher que cometeu um erro, mas que é fantástica e eu a amei desde o início da leitura. Ela aprende muito com as pessoas que conhece por causa da matéria. Na verdade essa é uma história sobre pessoas e quanto são extraordinárias apenas sendo elas mesmas e vivendo suas histórias. A escrita da autora é sensacional, o toque de humor sempre presente nas histórias dela é muito bom e ainda temos um romance fofo demais.

Abraços e até amanhã!